• Escola Lega Montessori

O dia a dia em uma escola Montessori com turmas agrupadas

Atualizado: Abr 15

"Eu Nunca Ensino Aos Meus Alunos. Somente Tento Criar Condições Nas Quais Eles Possam Aprender.” (Albert Einstein).


Um dos pilares da metodologia Montessori são as salas agrupadas, salas com crianças de idades diferentes na mesma turma. Nossas turmas são organizadas em turma Nido com crianças de 1 ano a 3 anos, turma Infantile com crianças de 3 a 6 anos e turma Elementare com crianças de 6 a 9 anos.


Os educandos vão pouco a pouco chegando, guardam suas mochilas, trocam de calçados e entram nas salas, são acolhidos pela Educadora e logo em seguida, caminham pela sala escolhendo seus trabalhos (atividades). Você pode pensar que as crianças farão uma bagunça, sairão correndo ou que desejarão não fazer nada.


Mas, em um ambiente preparado com materiais que possuem os interesses e necessidades de um determinado grupo de idade, as crianças escolhem atividades que lhe tragam desenvolvimento e satisfação pessoal. É incrível observar que as crianças amam aprender, amam desafios e amam se concentrar.


Você pode estar se perguntando se as crianças maiores devem regredir com as mais novas ou se as mais velhas machucarão as mais novas. Maria Montessori depois de cuidadosa observação e estudo científico das crianças, percebeu que elas em determinado período de idade tinham as mesmas tendências e interesses, focadas em relacionamento e conceitos específicos. Ela nomeou de plano de desenvolvimento estes períodos de idades e para proporcionar o melhor aprendizado ela reconheceu a importância de se manter estes grupos de idades em uma mesma turma que pudesse seguir em um ciclo de três anos com a mesma professora e turma.


Dessa forma, o trabalho montessori pode acontecer de forma social, as crianças possuem oportunidade de aprender com seus pares, vivenciando o papel de aprendiz e também de líder. Um ambiente mais próximo a realidade que vivemos e não em um ambiente uniforme, onde todas as crianças precisam possuir as mesmas aptidões ao mesmo tempo, desconsiderando as singularidades de cada criança.


Em uma sala de aula de várias idades, a criança tem a oportunidade de desenvolver, por meio da prática com outras pessoas, mais velhas e mais novas, como falar gentilmente, como resolver conflitos pacificamente, como cuidar dos outros e de si mesma, como aprender e ensinar com os colegas.


A sala agrupada Montessoriana reproduz o conceito das modernas bibliotecas; possui ambientes distintos que atendem às necessidades dos diferentes tipos de trabalho que se realizam no seu cotidiano. No cotidiano em uma sala agrupada, as educadoras possuem flexibilidade para planejar, avaliar e modificar, podemos ser coerentes com o desenvolvimento de cada criança. É possível ter um ambiente não excludente, democrático e instrumento de mudança social.


O agrupamento vertical permite a existência de subgrupos, estabelecidos pelo interesse, pelo nível de desenvolvimento, pela competência e pelo conhecimento já adquirido, permite o trânsito pelos papéis de aprendente e ensinante, diminui a competição e a comparação, estabelecendo o valor de cada um diante da exploração máxima do seu potencial, permite também o atendimento intensificado daqueles que mais necessitam da mediação do professor.


A constituição da sala não faz das atividades coletivas – todos fazendo a mesma coisa ao mesmo tempo – o seu principal instrumento de ensino, mas a estrutura da sala e rotina estimula o trabalho em pequenos grupos conforme interesses e o trabalho individual. A sala agrupada é um cenário que permite o trabalho individual, de grupo, o coletivo e a alternância cotidiana entre as várias constituições de grupos permite atender às características de aprendizagem de cada área do conhecimento e de cada indivíduo com maior propriedade.


Quais os benefícios das turmas agrupadas?

  • As crianças mais velhas são modelo de concentração, organização e exemplo de superação de desafios;

  • O Educador não é o único motivador de aprendizado, as crianças, entre si, aprendem de forma mais poderosa com o exemplo;

  • Educandos possuem possibilidade de demonstrar, praticar e exercitar habilidades ensinando outras crianças. Uma das melhores formas de se aprender é ensinando;

  • As crianças possuem oportunidade de vivenciar o senso de comunidade, onde na vida, além da escola convencional as crianças possuem oportunidade de estar em um grupo da mesma idade e mesmas habilidades?;

  • As crianças possuem oportunidade de aprender a viver em harmonia, sendo empáticas, receptivas e ao mesmo tempo podem expressar e cuidar das suas necessidades;

  • Em um ambiente agrupado, os educandos possuem flexibilidade em relação aos interesses, níveis de habilidades e desafios trabalhando nos seus próprios ritmos e seguindo suas motivações de aprendizagem podendo cumprir o currículo quando estiverem prontos ou no tempo necessário.

Na sala agrupada todos são diferentes – em idade, tamanho físico, potencialidades, modalidades de inteligência. As diferenças são qualidades da diversidade e a sua aceitação é o alimento do respeito, característica fundamental da escola montessoriana, uma abordagem centrada na criança e não no currículo ou grupo.


Se você deseja saber mais sobre a Criança e Método Montessori, nós temos um projeto lindo aqui na escola, o curso Da Infância para a vida! Um repensar sobre a educação. É só clicar aqui.