• Escola Lega Montessori

Quem cuida de mim?

Atualizado: Mai 20


Natalie Shimada


Sim, logo chegará o Dia das mães.

Mas, que tal pensarmos em uma comemoração mais inclusiva? Abrimos este espaço para a reflexão.


Há diferentes configurações familiares, situações de morte, adoção e criação assumida pelos avós ou lares temporários, há na comemoração do dia das mães também o reforço de um sentimento de dor para algumas famílias, adultos e crianças.


Neste momento de vida diante de uma pandemia, muitos perderam mães, muitos perderam seus cuidadores e muitos estão em luto.

Nossa proposta é pensar em uma comemoração inclusiva, que abarque a realidade das crianças e das diversas famílias, somente assim é possível pensar como comunidade, escola e agentes de mudança para uma sociedade que cuida de todos.


Podemos pensar em uma comemoração que possa acolher todas as formas de cuidar, que são essenciais para superarmos este momento juntos, abordando todas as histórias particulares e valiosas que convivemos.


Nossa sugestão para este momento é cuidar de quem cuida, vamos preparar um café da manhã especial, um chá para confortar o sono, um chinelo confortável para descansar no fim da tarde, uma comidinha comfort food, um cafuné, um filme juntinho, podemos pensar em uma linguagem de amor para quem cuida de nós, para quem cuida do outro para quem se dedica para educar, criar, cuidar. Uma mensagem de amor para quem está sempre disposto a proteger e amar, para todos aqueles que amam e cuidam de forma infinita.


Cada família tem a liberdade sem julgamentos de comemorar em família, mas a escola como espaço educativo, como representação da formação formal e integral para a vida tem o dever de respeitar a pluralidade e ensinar a valorizar a vida coletiva onde existe lugar para todo mundo, é essencial oportunizar essa reflexão e permitido aprendizado da vida em sociedade para as crianças.

Que possamos ser inspiração e transformação!